Pagina Principal Artigos Exportações capixabas aumentam quase 20% em agosto

Exportações capixabas aumentam quase 20% em agosto

O Espírito Santo totalizou US$ 1,07 bilhão em exportações no mês de agosto, dado que representa um aumento de 19,98% em comparação ao mês anterior, quando foram exportados US$ 892 milhões pelas empresas capixabas. O estudo foi divulgado pelo Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), com base nos dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex).

As exportações de produtos básicos tiveram aumento na participação na pauta de exportações do Estado, de 68,48% para 73,83% entre julho e agosto, entretanto, os produtos manufaturados apresentaram recuo na sua participação relativa de 19,20% para 16,16%, apesar de não ter ocorrido redução em termos de valor exportado deste segmento no mesmo período. Os produtos industrializados (manufaturados e semifaturados) representaram neste mês, mais de 50% das exportações do país, sendo que no Espírito Santo essa participação foi de 26,17%.

Em relação aos produtos que registraram crescimento na pauta de exportações capixabas de agosto em valor, destaque para o minério de ferro aglomerado (+13,42%) e a retomada da venda de óleos brutos de petróleo (com participação de 10,31% na pauta de exportações).

No volume de mercadorias transacionadas, o destaque também é o aumento de 15,08% do volume exportado de minério de ferro aglomerado, que passou de 151,96 mil toneladas por dia em julho, para 175,02 mil em agosto, seguido dos aumentos no volume exportado de granitos em blocos ou placas (+29,95%), e café em grão (+9,32%).

Para conferir a íntegra da Resenha Exportações – Agosto/2012, clique aqui.

Importações
As importações do Estado também registraram aumento em agosto (+15,82%) em relação ao mês anterior. O valor das importações foi de US$ 806,75 milhões em agosto, contra US$ 696,53 milhões em julho. Quando comparado ao mesmo mês do ano anterior, que o valor foi de US$ 1,004,06 milhões, observa-se que houve uma queda de 19,65%.

A análise dos valores das importações mostra que o aumento na comparação mensal, é devido à elevação das importações de quase todas as categorias, exceto bens de capital (-11,63%) nesta base de comparação. Destaque para o aumento de 63,23% das importações de bens de consumo não duráveis. Em comparação ao mesmo mês do ano anterior, a queda de 19,65% concentrou-se nos bens de capital (-26,33%), bens de consumo duráveis (-56,38%), e bens intermediários (-0,88%).

Na análise dos produtos importados pelo Estado, nota-se que o carvão mineral (13,51%), automóveis, caminhonetas e utilitários (12,27%), máquinas e equipamentos de uso na extração mineral e na construção (5,21%), representaram juntos, mais de 30% do total importado pelo Estado em agosto.

Para conferir a íntegra da Resenha Importações – Agosto/2012, clique aqui.

 

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação do IJSN
Larissa Linhalis
Tel.: (27) 3636-8066 / 9887/ 8488
comunicacao@ijsn.es.gov.br
Texto: Aleandro Coelho