Pagina Principal Artigos Educação em Tempo Integral é tema de webinário promovido pelo IJSN

Educação em Tempo Integral é tema de webinário promovido pelo IJSN

Live Educacao 640

O Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) realizou, nessa terça-feira (28), o webinário “Educação em Tempo Integral no Espírito Santo”. O encontro foi transmitido pelo canal do IJSN no YouTube e apresentou os estudos mais recentes sobre o tema, desenvolvidos em parceria com a Secretaria da Educação (Sedu). Foram apresentados ainda as boas práticas e experiências pioneiras implantadas na Rede Estadual de Ensino e nos municípios capixabas.

O seminário reuniu os secretários de Estado da Educação, Vitor de Angelo, e de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc; além do prefeito de Cachoeiro de Itapemirim e presidente da Associação dos Municípios do Estado do Espírito Santo (Amunes), Victor Coelho. Estiveram presentes também o diretor-presidente do IJSN, Daniel Cerqueira; a coordenadora do Núcleo de Educação do IJSN, Kiara Demura; a subsecretária de Educação Básica de Cachoeiro de Itapemirim, Liviane Dias Freitas; e o executivo de Educação do Espírito Santo em Ação, Luciano Gollner. A mediação ficou por conta do diretor de Integração do IJSN, Pablo Lira.

"É importante diferenciar educação em tempo integral e educação integral. A educação integral é uma forma de enxergar o processo educativo de modo mais amplo. E também de enxergar o próprio estudante e o professor em sua integralidade. A escola está para muito além de conteúdos curriculares, ela é um espaço de convivência e crescimento. Já a Educação em tempo integral tem a ver com jornada. Tem uma jornada diária de 7 horas ou mais. E na nossa rede, a perspectiva de educação é uma educação integral. Seja em tempo integral seja em tempo parcial. Esse tem sido o foco do governador Renato Casagrande e da Sedu ", destacou Vitor de Angelo. 

O secretário de Estado da Educação também citou os diversos incentivos que o Governo do Estado tem feito não só na Rede Estadual como na municipal para que superem suas dificuldades técnicas, financeiras e pedagógicas.

"O Governo do Espírito Santo está fazendo um aporte financeiro e técnico nas redes municipais, por meio do PROETI, que é um plano de fomento estadual para a expansão da educação em tempo integral nas redes públicas municipais. A cada matrícula o município recebe o valor fixo por aluno de R$ 3 mil. Então, a decisão do Governo do Estado, no âmbito de regime de colaboração, foi prestar esse apoio de longo prazo aos municípios. Somando a outras ações, como o Paes, temos investimentos na ordem de 1 bilhão que serão muito significativos para alavancar a qualidade da educação capixaba”, disse o secretário.

Já o secretário de Estado de Economia e Planejamento, Álvaro Duboc, ressaltou o fato de, em decorrência de uma boa gestão, o Espírito Santo se destacar nacionalmente, em várias áreas, citando, entre as conquistas, o primeiro lugar no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) do Ensino Médio, a menor taxa de mortalidade infantil e a maior em longevidade.

Ele lembrou que 32 das escolas de tempo integral da Rede Estadual de Ensino estão em territórios do Programa Estado Presente em Defesa da Vida, que atua nos eixos social e policial visado à redução da violência letal e à redução da vulnerabilidade juvenil à violência, com inclusão, oportunidades, garantias e direitos.

Duboc destacou também o fato de a expansão das escolas em tempo integral fazer parte do Planejamento Estratégico do Governo. “É fruto de um debate iniciado desde a campanha do nosso governador Renato Casagrande com a população, em 2018. Termos um número tão expressivo de escolas desse padrão em uma gestão é uma grande conquista para a nossa sociedade”, informou.

O diretor-presidente do IJSN, Daniel Cerqueira, apontou também a importância da integração realizada pelo Governo nas ações que visam ao desenvolvimento social e econômico do Estado.

“De modo geral, as pessoas tendem a pensar no aluno como um reservatório de informações enciclopédicas. E isso, muitas vezes, não diz respeito aos valores e à própria realidade daquela criança e daquele jovem. A Educação em Tempo Integral traz como benefício a possibilidade de ampliar vínculos e estreitar laços, favorecendo o aprendizado e trazendo melhor desenvolvimento de atributos socioemocionais, como a convivência cidadã”, pontuou Cerqueira.

“Nós acreditamos na metodologia da Escola de Tempo Integral, pois ela dá o protagonismo ao aluno. E é isso que a gente quer: formar cidadãos de bem nas nossas cidades e no nosso Estado. E quem sabe, em breve, possamos ver no quadro de melhores escolas do Brasil, que a maioria seja do Espírito Santo”, comemorou Vitor Coelho.

O webinário “Educação em Tempo Integral no Espírito Santo” está disponível no canal do IJSN no Youtube. Para acessar, clique aqui.

 

Informações à Imprensa:

Assessoria de Comunicação do IJSN
Eduardo Rabello
(27) 3636-8066 / 99892-5291
comunicacao@ijsn.es.gov.br

Assessoria de Comunicação da SEP
Claudia Feliz
(27) 3636-4258 / 99507-4071
claudia.feliz@planejamento.es.gov.br

Assessoria de Comunicação da Sedu
Mirela Marcarini / Geiza Ardiçon/ Soraia Camata