Pagina Principal Artigos Secult lança publicação que celebra 10 anos do Funcultura

Secult lança publicação que celebra 10 anos do Funcultura

FUNCULTURA

O Fundo de Cultura do Espírito Santo (Funcultura) é o principal mecanismo do Governo do Estado para o fomento e incentivo aos projetos e ações culturais no Espírito Santo. Para celebrar os 10 anos de atividade do Fundo, a Secretaria da Secult (Secult) lança a publicação “Funcultura 10 anos – Análise executiva do Funcultura”, no próximo dia 09 de março, às 10 horas, no auditório do Museu de Arte do Espírito Santo Dionísio Del Santo (MAES), no Centro de Vitória. A entrada é aberta ao público.

Visando a apresentar e medir os impactos dos editais na cultura capixaba, a publicação começa com uma breve exposição da metodologia utilizada, apresentando os detalhes do Funcultura e traçando um cenário da cultura do Espírito Santo, com elementos sobre o desenho da política e o processo de operação dela no Estado. Desde seu início, a política pública financiou mais de três mil projetos contemplados em 290 editais nesses 10 primeiros anos de atividade. 

A publicação foi realizada pela Gerência de Economia Criativa (GECRIA) e é resultado da parceria do Programa ES+Criativo para realizar, em conjunto com o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN) e a Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Espírito Santo (Fapes) uma pesquisa que tornasse clara a atuação do Funcultura para a cultura capixaba.

Carta Aberta

Além da presença da vice-governadora do Estado, Jacqueline Moraes, o evento reunirá todos os ex-secretários de Estado da Cultura que conduziram o Fundo: Deyse Lemos; Frei Paulão, Maurício Silva e João Gualberto Vasconcellos. Junto do atual secretário Fabricio Noronha, debaterão a importância e impacto de uma política pública continuada na vida do capixaba. Além do debate, será apresentada Carta Aberta assinada por eles.

ÍNTEGRA DA CARTA ABERTA 

Funcultura 10 anos: Importância e impacto de uma política pública continuada

O Fundo Estadual da Cultura do Espírito Santo é uma conquista do setor cultural capixaba, um marco importante no amadurecimento e consolidação de uma política pública de cultura que atravessou sua primeira década.

Por meio dos Editais da Cultura, ao longo desse período, centenas de atividades culturais foram realizadas e ano a ano esta política foi expandindo e se consolidando no dia a dia do capixaba como a mais importante, em alcance e orçamento. Sempre com participação democrática do Conselho Estadual de Cultura, composto por legítimos representantes da sociedade civil.

Para celebrar e trazer a sua dimensão, o Instituto Jones dos Santos Neves e a Secretaria da Cultura lançam importante estudo de impacto, demonstrando seus desafios, capilaridade e relevância.

Muitos dos filmes, discos, peças de teatro, atividades dos grupos das culturas populares, preservação de acervo, patrimônio material e imaterial, entre tantos fazeres e linguagens, de norte a sul do Espírito Santo, foram viabilizados graças ao investimento público do Fundo.

É de suma importância neste momento destacarmos que muito do sucesso desta política está justamente em sua continuidade. Uma política pública que atravessou governos, que se adaptou e se expandiu à medida da própria dinâmica e complexidade do ecossistema da cultura.

Exemplo contrário, temos visto no âmbito federal, simbolizado fortemente pelo fim do Ministério da Cultura. Descontinuidade e paralisações demonstram também que conquistas aparentemente consolidadas são passíveis de ataques e desmontes. 

 O Funcultura é uma conquista da sociedade capixaba, resultado do esforço de dezenas de servidores públicos, agentes culturais e do Conselho Estadual de Cultura. Como toda conquista é preciso sempre ser reafirmada, defendida e celebrada. 

 Os Editais da Cultura recentemente ganharam a companhia de novos marcos legais, a Lei de Incentivo à Cultura Capixaba (Licc) e o Programa de Coinvestimento Fundo a Fundo com os municípios, trazendo novo dinamismo para a cultura capixaba.

Vida longa ao Funcultura, vida longa aos novos marcos legais da cultura. Viva a cultura capixaba!

Deyse Lemos
Ex-secretária de Estado da Cultura

Paulão
Ex-secretário de Estado da Cultura

Maurício Silva
Ex-secretário de Estado da Cultura

João Gualberto
Ex-secretário de Estado da Cultura

Fabricio Noronha
Atual Secretário de Estado da Cultura.

Exposição ‘LINGUAGENS: Dionísio | Samú

Outro destaque, na próxima quarta-feira, às 17h, será a nova exposição do MAES, ‘LINGUAGENS: Dionísio | Samú’, que conta com obras destes dois artistas que integram acervo do museu. A mostra inaugura a sala permanente de exibição do acervo, que contará com recortes de importantes coleções que o espaço detém, apresentando obras de artistas capixabas e de outros estados. 

Saiba Mais 

Serviço: 

Lançamento da Pesquisa ‘Funcultura 10 anos - Análise executiva do Funcultura’

Data: 09/03 (quarta-feira)
Horário: 10 horas
Local: Museu de Arte do Espírito Santo (MAES) – Avenida Jerônimo Monteiro, 557, Centro, Vitória.

Programação:

Lançamento da Pesquisa ‘Funcultura 10 anos - Análise executiva do Funcultura’
10h - Apresentação da Pesquisa pelo IJSN
Daniel Cerqueira – diretor-presidente IJSN

11h-12h - Mesa de lançamento:
“Funcultura 10 anos: Importância e impacto de uma política pública continuada”

Informações à Imprensa:
Assessoria de Comunicação da Secult
Aline Dias / Danilo Ferraz / Erika Piskac
(27) 3636-7111 / 99753-7583 / 99902-1627
secultjornalismo@gmail.com / comunicacao@secult.es.gov.br