Pagina Principal Artigos Entidades Metropolitanas discutem Transporte e Infraestrutura Urbana em encontro do FNEM

Entidades Metropolitanas discutem Transporte e Infraestrutura Urbana em encontro do FNEM

Captura de Tela 1294 768x426

Na manhã dessa quinta-feira (31/3), O Fórum de Entidades Metropolitanas (FNEM) realizou o terceiro encontro dos Grupos de Trabalho (GTs), criados para compartilhamento de informações técnicas pautadas na execução das 12 funções públicas de interesse comum (FPIC).

O terceiro eixo temático discutido foi Transporte e Infraestrutura Urbana. Na oportunidade, a Agência Metropolitana de Belo Horizonte e a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (COMEC) apresentaram os cases de trabalho e como as questões de mobilidade são pautadas em suas respectivas localidades.

Para o diretor de Planejamento Metropolitano, Charliston Moreira: “A troca de experiências no FNEM é importante para o conhecimento das melhores práticas utilizados no Brasil e padronização da gestão metropolitana”.

Ainda participaram do encontro o Instituto Jones dos Santos Neves (ES), a Agência de Desenvolvimento da Região Metropolitana do Vale do Rio Cuiabá (MT), a Agência Metropolitana da Baixada Santista (SP), o Instituto Rio Metrópole e a Agência Executiva Metropolitana do Sudoeste Maranhense (MA).

Próximos passos

Com a finalização da primeira rodada dos GTs, nos próximos encontros as entidades apresentarão informações mais detalhadas sobre as temáticas abordadas. As atividades dos Grupos de Trabalho serão retomadas na primeira quinzena de maio.

Restituição do FNEM

O Fórum Nacional de Entidades Metropolitanas é uma associação civil sem fins lucrativos instituída em 1995. Congrega entidades e órgãos públicos estaduais responsáveis por temas relacionados às regiões metropolitanas brasileiras.

Com sede itinerante, o FNEM objetiva promover a valorização do planejamento e gestão do espaço metropolitano, bem como a participação efetiva de organismos metropolitanos na formulação e implementação das políticas de desenvolvimento urbano e regional.

A criação do FNEM resultou de reunião realizada em 1995 em Porto Alegre. No ano seguinte, foi assinada a Carta de Brasília por representantes de entidades estaduais das 10 regiões metropolitanas até então criadas, dentre elas a RMBH, instituída em 1974.

Em dezembro de 2021, o fórum foi reativado com a eleição da nova presidência. A diretoria eleita em chapa única é composta por: Agência RMBH como presidente do FNEM; Agência Estadual de Planejamento e Pesquisas de Pernambuco (CONDEPE/FIDEM) como primeira vice-presidência; e a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec-PR) eleita como segunda vice-presidência.

 

Informações: Ascom Agência RMBH