Pagina Principal Observatório da Segurança Cidadã Observatório da Segurança Cidadã

Observatório da Segurança Cidadã

seguranca cidada logo2

O Observatório da Segurança Cidadã do Estado do Espírito Santo (OSC/ES) é uma iniciativa do Governo do Estado do Espírito Santo, que tem por objetivo subsidiar ações estratégicas de controle e prevenção à criminalidade e à violência.

O OSC/ES constitui o núcleo que integra dados, informações e conhecimentos sobre a segurança pública, justiça criminal, proteção social e áreas correlatas, propiciando o desenvolvimento de informações, estudos e pesquisas que articulam as expertises de instituições como a SESP, Polícia Militar do Espírito Santo (PMES), Polícia Civil do Espírito Santo (PCES), Corpo de Bombeiros Militar do Espírito Santo (CBMES), Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (DETRAN/ES), Secretaria de Estado da Justiça (SEJUS), Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo (IASES), Secretaria de Estado de Direitos Humanos (SEDH), Secretaria de Estado de Trabalho, Assistência e Desenvolvimento Social (SETADES), Secretaria de Estado da Saúde (SESA), Secretaria de Estado da Educação (SEDU), dentre outras.

Estrutura de Funcionamento

A figura abaixo apresenta o esquema de Governança do OSC/ES. O Observatório contará com o Comitê Executivo do Observatório da Segurança Cidadã (CEOSC), composto pela Secretaria de Estado de Economia e Planejamento (SEP), Secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (SESP), Secretaria de Estado de Controle e Transparência (SECONT), Instituto de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Espírito Santo (PRODEST) e Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN). A atribuição do CEOSC é realizar a gestão do Observatório, bem como delimitar os produtos a serem divulgados.

A Coordenação Executiva do CEOSC ficará a cargo da Diretoria Presidente do IJSN com a assessoria da Secretaria Executiva, constituída pela Diretoria de Integração e Projetos Especiais (DIPE/IJSN), a qual será responsável pela articulação e publicização dos produtos finalísticos do OSC/ES.

A execução das atividades do Observatório demanda a participação estratégica das instituições governamentais com a expertise em segurança pública, justiça criminal e áreas correlatas. Desta forma, o OSC/ES contará com a contribuição por meio da disponibilização de dados e informações validadas pelas instituições, dentre as quais SESP, DETRAN/ES, SESA, SEDU, SEDH, SETADES, IASES e SEJUS.


fluxo2

Fluxo de Informação

O OSC/ES contará com as informações dos parceiros para a composição de um banco de dados (figura abaixo). As instituições da Administração Pública Direta e Indireta disponibilizarão as informações necessárias à equipe técnica do Observatório no âmbito do IJSN, a qual será responsável por compilar, esquematizar e sistematizar os dados recebidos para posterior divulgação por meio do Portal da Segurança Cidadã.

estrutura2


Notícias Relacionadas

  • 26 de Setembro de 2022

    Desde a sua criação, em 2006, o Fórum Brasileiro de Segurança Pública tem se destacado por ser uma rede de conhecimento aplicado à segurança pública que conecta políticas públicas, estatísticas e dados e produção acadêmica e científica sobre a área. Este livro, lançado em setembro de 2022, busca consolidar conhecimento acumulado e gerar sistematizações que possam servir de marcos para quem estuda e atua na área. São 20 capítulos sobre como dados criminais foram sendo produzidos e utilizados no...

  • 21 de Junho de 2022

    O Governo do Estado do Espírito Santo, por meio do Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN), promoveu, nesta terça-feira (21), no auditório do Sebrae, em Vitória, a 1ª Oficina de Trabalho sobre Gestão e Políticas Efetivas de Segurança Pública do Brasil. O encontro foi realizado em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e o Instituto Sou da Paz, e contou com a presença de secretários e gestores de segurança pública dos estados do Espírito Santo, São Paulo, Rio Grande do Sul,...

  • 21 de Junho de 2022

    Carta de Vitória - Uma luz no final do túnel: experiências federativas exitosas no campo da segurança pública no Brasil

  • 07 de Junho de 2022

    O combate ao tráfico de armas enfrenta uma série de desafios, dentre os quais podemos destacar a quantidade de instituições envolvidas, a falta de coordenação , a existência de processos fragmentados , a escassez de dados , além da falta de investimento em ferramentas que otimizem o trabalho. No âmbito das polícias estaduais, observamos com frequência um baixo nível de conhecimento sobre armas e seus meios de rastreamento, a ausência de sistemas de registro da apreensão de armas que sejam...

  • 07 de Junho de 2022

    O investimento no combate ao tráfico de armas e munições é um investimento estratégico na redução da violência armada em todas as suas formas. Trata-se de evitar o acesso ilegal aos instrumentos presentes em 8 de cada 10 mortes violentas no país. Trata-se de evitar também as formas mais graves e traumáticas das outras modalidades criminais, desde roubos, ameaças e coação até o crime organizado. Fazemos esse convite a outros estados para que também invistam no Modelo Integrado de Controle de...